11 de maio de 2017

Diversificando os espaços do brincar


Vamos fazer comidinha?
Imagem Dulci Dantas


No post Como organizar brinquedos, mostrei fotos aqui de casa, da estante de brinquedos da minha filha e como os guardamos. Além do quarto dela, criei um outro ambiente de brincadeiras na área de serviço, ao lado da cozinha. Com apenas um ano e meio de vida, Melina ganhou esta cozinha de presente de Natal. Ela adorou, e até hoje brinca bastante com ela. 

A dica para colocar essa mini-cozinha na área de serviço veio de uma amiga minha. O filho dela também tem uma cozinha igual, e enquanto ela fazia o almoço, o menino brincava de fazer comidinha. Achei genial, e aceitei a dica. Todas as vezes que eu ia cozinhar o almoço, Melina ficava pedindo minha atenção. Com essa nova área de brincadeiras pertinho da cozinha, tudo mudou. Enquanto eu cozinhava o almoço, ela brincava de fazer comidinha no fogão dela. 

Contudo, o fogão traz um grande número de componentes como panelas, bule, xícaras, pratos, talheres, saleiro e pimenteiro. Melina espalhava tudo pela área de serviço. Depois de servir o almoço e lavar a nossa louça (a de verdade), eu tinha que ficar catando aquela "segunda louça" espalhada no chão. Foi aí que eu tive uma idéia de utilizar uma cestinha que eu tinha no meu banheiro (coincidentemente da mesma cor do fogão), para guardar toda a "mini-louça". Levou um tempinho para eu educar a minha filha para, ao terminar de brincar, recolher todas as peças da brincadeira dentro da cestinha. Mas logo ela entendeu, e hoje fica fácil pôr ordem na bagunça da cozinha dela.





Acima, vocês podem ver à esquerda como o fogão deveria ficar montado. Qual a chance de uma criança de dois anos colocar todos os itens nos seus devidos lugares? Já na foto da direita, como o brinquedo fica guardado no dia-a-dia. Muito mais fácil, prático e ao alcance da criança. 


A cesta funciona como um escorredor de pratos. Acabou a comidinha? Vai tudo pra cesta.
Imagem Dulci Dantas


Cestinha básica comprada na Multicoisas. 
Imagem Dulci Dantas


Uma vez por mês, eu chamo Melina para limparmos o fogão - tarefa que ela adora! Passamos um paninho úmido por todo o fogão, tiramos todo o pó que acumula. E, depois, vamos para a pia da cozinha lavar toda a "louça". Melina tem um avental do tamanho dela que eu comprei na feira, para utilizar durante a função.  Lavamos tudo e colocamos na cestinha para escorrer e secar. É uma atividade que ela curte e que ensina a ter zêlo pelo brinquedo, além de educá-la para a sua própria vida doméstica futura.

A idéia de diversificar os espaços do brincar da criança é muito válido. É uma ilusão pensar que ela vai brincar somente no quarto dela. E, para evitar que toda a casa vire um playground, com brinquedos espalhados por todos os cantos, o ideal é criar espaços bem delimitados e organizados para as diversas brincadeiras. As crianças entendem bem esses limites quando, uma vez dentro deles, são livres para brincar. Em outras palavras, quando Melina está na cozinha dela, pode espalhar colheres, copinhos, pratos e panelas. Mas estes dificilmente vão para a sala ou para o quarto. Com isso, a criança brinca livre dentro do espaço definido pelos pais e, depois que termina a brincadeira, fica fácil para ela e para os pais recolherem tudo e recolocar as coisas no seu devido lugar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.