26 de outubro de 2013

O nosso lar primordial


A gratidão é uma prática. Faça disto uma prioridade.

Meu marido e eu ficamos uns dias fora. Fora da cidade, fora de casa, fora do facebook e do email. Fora até do celular, que deixei a maior parte do tempo desligado. Nos dedicamos a acordar cedo, fazer caminhadas e exercícios ao ar livre. Tomamos banhos de sol e bebemos água de côco e muitos sucos de frutas. Lemos muito. Dormíamos quando nos dava sono. No final da tarde tomávamos chá e conversávamos. Parecia que os dias eram mais longos, tínhamos tempo para muitas coisas inclusive para não fazer nada. Uma semana de folga pode fazer uma diferença enorme no nosso tempo interno e restaura nosso lar primordial.

Nessa busca por um equilíbrio maior tive um feliz encontro. Logo no início da semana de folga estávamos visitando uma livraria e encontrei um livro chamado Em busca da cura, de Marcus Fahr Pessoa, que conta a história real de uma moça chamada Laura Pires que foi diagnosticada com esclerose múltipla aos vinte e quatro anos de idade. Diante do choque e da perspectiva de um tratamento alopático agressivo, cheio de efeitos colaterais e ainda assim sem previsão de cura, o casal toma a difícil decisão de ir na contramão das crenças ocidentais e viajam para a Índia, onde Laura passa a se tratar com medicina ayurvédica, a milenar medicina tradicional hindu. 




O livro conta a jornada dessa moça por cura física mas também emocional e espiritual, pois segundo as tradições hindus o indivíduo é um todo indivisível, cuja cura e saúde residem no equilíbrio. Adorei a leitura e muitos dos conceitos apresentados. Nem sempre o mundo ocidental e a modernidade possuem as melhores respostas para aquilo que procuramos em nossas vidas.  O cotidiano, tal  como a maioria de nós conhecemos e vivemos - com velocidade, pressão, cobranças, doenças, consumismo e perda de consciência e contato com nosso interior - nem sempre é a melhor opção de vida e cabe a nós tomar decisões - nem sempre fáceis, nem sempre compreendidas por quem nos rodeia - de trilhar um caminho diferente para a felicidade.

Após seis anos do diagnóstico, Laura Pires encontra-se bem e com saúde após uma transformação radical de seu estilo de vida. Com base na alimentação, na terapêutica ayurvédica e yoga encontrou o equilíbrio que faltava para sua saúde e sua vida. Atualmente mora no Rio de Janeiro e ministra cursos sobre culinária e terapias ayurvédicas (saibam mais no seu blog Em busca da essência).

Em alguns casos precisamos ir muito longe para encontrarmos a paz que nos rouba o que é importante na vida, como a saúde. Esse foi o caso de Laura. Mas, muitas vezes, não precisamos ir tão longe para encontrar a paz que nos falta para sermos felizes. Falta-nos a coragem para decidir por um caminho diferente e a perseverança em prosseguir no caminho. Muitas são as distrações, dúvidas e opiniões alheias a nos confundir. Voltar-se para si e aquietar-se pode ser um bom começo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.