12 de maio de 2013

Lar seguro



O lar mais seguro do mundo é o coração da mãe. Da nossa mãe. Nele a gente encontra tudo que precisa para se manter vivo, para superar os medos e ficar quentinho. Coração de mãe é porto seguro.  Pode chegar e atracar as dores que elas desaguam fácil com um simples acalentar, nos deixando leves novamente. Elas nos devolvem a nós mesmos.

Mãe é quem amou a gente desde o primeiro minuto que passamos a existir.  E isso foi muito antes do nosso primeiro sopro. Se ela nos carregou na barriga ou não, pouco importa. Isto não a define. O órgão que define a mãe não é ventre nem barriga, nem peitos. É coração. Mãe é inteirinha coração. Para onde quer que você olhe é um coração batendo, latejando de amor. 

Se nossos defeitos, neuras e manias são culpa de nossas mães, então elas estão perdoadíssimas, pelo simples fato de que, para elas, não temos defeito algum. E cá pra nós, tem presente melhor da Vida do que ser perfeito e sublime aos olhos de um coração? É por isso que mãe só tem uma. Esse coração que tudo abarca, que tudo em nós ama, só tem um exemplar. 

Feliz Dia das Mães, para quem conhece essa alegria e esse desafio em suas horas, dias e anos. 

Um beijo com carinho,
Dulci



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.