3 de maio de 2013

Do fundo da gaveta

Imagem via Arquitetura do Imovel



"The true of secret of happiness lies in the taking a genuine interest in all details of daily life."
"O verdadeiro segredo da felicidade reside em se ter um interesse genuíno em todos os detalhes da vida diária."
William Morris




A vida diária está guardada, amassada ou dobradinha nas gavetas das nossas casas, do nossos corações e das nossas cabeças. A todo instante abrimos e fechamos gavetas em nossa vida cotidiana. Às vezes encontramos aquilo que procuramos, outras vezes não. Há aqueles momentos que abrimos uma gaveta e descobrimos que, no fundo, reside algo que não gostamos nem de lembrar. Empurramos para o escuro, ainda mais, e fechamos a gaveta às pressas. Não gostamos dessas gavetas, mas também não nos livramos delas nem reorganizamos. Outras são bem arrumadinhas, tudo no seu devido lugar. O fundo fica claro, limpo, vemos com clareza tudo que lá colocamos. São gavetas boas de abrir, sentimos certo orgulho de nós mesmos por causa delas. 



A vida diária é uma cômoda gigante, e nós somos grandes abridores e fechadores de gavetas. Convém olhar dentro delas, prestar atenção no que guardam, limpá-las com certa frequência e renovar a nós mesmos. O segredo da felicidade é não ter medo das gavetas da nossa vida. Ser, sobretudo, consciente do que vai dentro delas, e ter com os detalhes e pormenores, gentileza. 

Um bom final de semana a todos!
Dulci
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.