26 de setembro de 2012

Comemorar é preciso!

Anthropologie, Rockefeller Center.
Imagem Dulci Dantas



Você é do tipo que comemora todas as pequenas e grandes conquistas da vida, ou fica aguardando a chegada de um grande dia ou de um grande motivo para estourar um champagne? Depois de uma certa idade, me convenci que uma garrafa de champagne (ou espumante, ou cidra ou qualquer coisa  borbulhante) deveria entrar como item obrigatório na lista de supermercado. Vou explicar por que. Experimente fazer o seguinte exercício: Programe o seu despertador para daqui há dez minutos. Feche os olhos e faça uma retrospectiva do mês que passou. Tente trazer a tona suas lembranças, observando-as de fora. Fique aí dez minutos, vai parecer uma vida, mas é assim mesmo. Quando o despertador tocar e você abrir os olhos, me diga se você não tem motivos de sobra para estourar um champagne (vá de garrafinha tamanho baby mesmo!) e comemorar a sua persistência, paciência, vontade, saúde, empenho, amor e dedicação aos pequenos-grandes leões do seu dia-a-dia. 


Anthropologie, Rockfeller Center.
Imagem Dulci Dantas

Comemore mesmo. Chame o namorado ou marido, esposa e crianças, ou um amigo, e decretem pausa na rotina para comemorar as pequenas coisas da vida, que nos tornam grandes ao longo dela.  E não se esqueça de guardar as rolhas, para que elas continuem te inspirando e lembrando que "Comemorar é Preciso"!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.