19 de janeiro de 2012

Ponto cruz

Coisa de moças prendadas de antigamente. Eu aprendi com a minha mãe que, um belo dia, se dignou a sentar-se do meu lado e me ensinar a bordar direitinho, tendo sempre o cuidado de deixar o avesso tão bonito quanto a frente do bordado. 

Ponto cruz vicia. Quem borda sabe disso. Quando você começa um bordado só pára quando acaba. E haja coluna para aguentar ficar curvada sobre o bastidor tanto tempo.

Não é de agora que vemos em blogs de decoração o retorno do ponto cruz, agora em versões e motivos mais modernos. Vemos frases divertidas, cores inusitadas, e silhuetas - como as da foto ao lado esquerdo. Adorei os pássaros e o perfil da mulher. 

Eu, que tenho como foto no meu perfil do blogger uma silhueta de uma menina com rabinho de cavalo, pensei em bordá-lo e pendurá-lo ao lado da minha mesa de trabalho. 

Se você é do tipo prendada, não espere. Os velhos tempos estão de volta, mas com um toque de contemporaneidade. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.