31 de outubro de 2010

Hoje é dia


Hoje é um daqueles dias em que a cabeça não está dando folga. Comecei uma faxina básica mas a cabeça já me puxou para o computador. A imagem acima me encantou por um motivo simples: Me identifiquei com ela porque é o estilo das coisas que eu gostaria de ter "quando eu crescer". Pois é, o único detahe nisso tudo é que eu já sou grande, o que não necessariamente significa que cresci. Difícil para um domingo? Eu avisei que hoje era dia...
Sempre tive essa imagem fixa na minha cabeça, eu sempre quis ser "lady" chic e elegante quando crescesse. Mas crescer não é simples. A gente pensa que saindo da escola, arranjando trabalho, pagando as contas e casando já carimba o passaporte para entrada no reino da vida adulta. Engano. Acha que porque comprou casa, carro e tem filho (ainda não cheguei nesse segundo estágio) isso significa que somos mais que adultos. Somos adultos responsáveis e maduros. Ouço aquele barulho de agulha rasgando o vinil... Meus ouvidos se exasperam.
Não basta decorar o quarto com tudo que a gente sempre sonhou, né? Precisa mais. Estou na busca desse mais e, mesmo já tendo feito alguns progressos sei que o caminho é longo. Vamos dizer que ainda estou na fila do check-in.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.