21 de junho de 2010

Cinco minutos


Me deu um "cinco minutos" daqueles hoje. E foi na cozinha. Veja a situação: Em plena tarde de segunda-feira (dia no qual não trabalho, que fique claro) me veio uma vontade enorme de cozinhar uma especialidade na qual nunca havia me aventurado: Frango ao curry e arroz thai (basmati). Para que aquele que lê esse post não fique achando que sou inteiramente doida, eu explico. Na sexta-feira passada fui ao supermercado e saí comprando todo tipo de coisa diferente que via pela frente. Continua me achando meio doida? Veja bem, trata-se de uma fase gourmet. Vamos aproveitá-la porque eu sei que ela passa.

Primeiro foi o arroz, da marca francesa Casino, chama-se Riz Basmati (origine inde). Facílissimo de preparar. Seis medidas de água fervente para cada medida de arroz. Cozinhei uma xícara apenas para, em caso de decepção, não ter que jogar tudo fora. Água fervente, sal a gosto e só. Dez minutos de cozimento sem mexer. Ao final, é só escorrer o arroz e voilá (já que não faço idéia do equivalente em tailandes ou indiano). O arroz é muito branco e perfumado. A embalagem já avisava, naturellement parfumé. E para que vocês vejam que tudo na vida tem jeito, no meio da receita tive uma dúvida, as instruções estavam em francês e meu pouco conhecimento do idioma não ajudou, corri para o Google Tradutor e ele me salvou.

Primeira etapa vencida, vamos ao frango. Eu tinha comprado uma bandeijinha de frango em cubinhos, na verdade aquelas porções especiais para strogonoff. Refoguei com alho e cebola, óleo e sal. Quando achei que estava tudo bem temperado e o aroma não deixava dúvidas, coloquei meia lata de creme de leite (sem soro) e temperei com curry (a quantidade vai depender do quanto você ama essa especiaria, porque se odeia, nem tente, o sabor é mesmo muito marcante).

Tudo muito bem misturado, deixei cozinhar em fogo baixo para que os sabores se acentuassem.

Acabei tudo por volta das três e meia da tarde. Já tinha almoçado, mas a curiosidade era tanta que me sentei a mesa para saborear o experimento. Deu certo! Fiquei tão feliz, mas tão feliz!!!! Só de pensar que, a partir de agora, quando me der vontade de comer aquele arroz não preciso ficar dependendo de achar um restaurante decente (inexistente em São José dos Campos). Eu mesma posso fazê-lo em casa.

Para quem resolver se aventurar, note como o sabor acentuado do curry é abrandado com a leveza e sabor discreto do arroz especial.

Ah, já ia esquecendo, tudo isso ao som do cd da trilha sonora do filme Um Bom Ano. Valeu a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.