30 de outubro de 2009

Tales de Mileto

O filósofo grego Tales de Mileto, considerado o primeiro da história da filosofia acreditava que a prima matéria do universo, o elemento primeiro, essencial e criador de todas as coisas era a Água.

Sou uma carioca que mora em uma cidade no interior de São Paulo e, se tem algo que me faz falta no cotidiano urbano é a ausência deste elemento Água. Durante os anos que morei no Rio de Janeiro, a Água era um elemento constante nas paisagens do dia-a-dia. Tanto as praias (Leblon, Ipanema, Copacabana) como a lagoa Rodrigo de Freitas faziam parte dos meus itinerários. Quando eu estava feliz eu ia dar uma volta nesses lugares e, quando estava triste... também. Sempre tive a sensação de que no mar tudo termina e tudo começa. A beira do mar tudo se acalma, se purifica e se renova.

A Água, seja ela em forma de mar, de lagoa, de rio, de fonte, favorece a quietude, a serenidade, a interiorização, o pensar e meditar. E eu sonho muito com o dia em que a Água vai voltar a fazer parte dos meus dias novamente, como uma espectadora silenciosa de minhas inquietações, dúvidas, tristezas e alegrias.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.