14 de maio de 2009

Eu odeio esta janela



Passei minha infância e adolescência em uma casa pequena e feia. Éramos felizes mas, nem por isso, a casa deixava de ser pequena... e feia. Contudo, aquela casa tinha janelas grandes e quadradas na sala, na cozinha e no quarto através das quais víamos o mundo: O céu azul, o verde radiante de sol das árvores, as nuvens passando anunciando a chegada da chuva, as gotas brilhantes da chuva no fio dos postes, a lua cheia, os pássaros e até macacos que vinham pegar comidinhas com minha mãe. Naquela casa eu amava as janelas. Elas eram bem altas, e às vezes eu subia no sofá para me debruçar e ver a vida passando lá fora.

Muito bem... os tempos são outros. As janelas também.

Tem surgido um novo modo de vida (ou de construir imóveis) que valoriza muito pouco, ou nada, as janelas. São apartamentos caros, grandes, com muitos cômodos pequenos e janelas ainda menores e que só abrem a metade. São janelas feias e com aparência vulgar e barata, como a da foto. Não entra na minha cabeça pagar tão caro por um lugar para se morar, com janelas como estas. Deve haver alguma explicação de ordem econômica, pois de ordem estrutural e arquitetônica eu duvido!

Aqui em São José dos Campos os prédios brotam e crescem como espigas de milho. São milharais sem fim, que sobem e tomam a visão do céu, com suas janelicas horrorosas e aleijadas.

Perdeu-se muito em beleza, qualidade e charme ao se optar pelo prático e moderno. Todos os prédios parecem os mesmos. E os fabricantes dessas janelas devem estar milionários, porque por aqui, só dá elas. E eu as detesto. Pois elas são pequenas, feias e tristes. E janelas são para a casa o que os olhos e o sorriso são para o rosto. Janelas foram feitas para iluminar o lar, e deixar a beleza do mundo exterior adentrar nossa vida diária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, opinião, dúvida, sugestão ou crítica. Seja educado e será lido com toda a minha atenção. Utilize esse espaço para se comunicar, interagir e trocar experiências com a autora do blog.